sexta-feira, 27 de maio de 2016

VARANDAS DA ALDEIA

A varanda era um dos espaços mais característicos das casas agrícolas da aldeia. Há-as de vários tipos. A que aqui apresentamos, em Ovelhinha, situa-se ao nível do 1.º andar e é acedida, pelo exterior, através de escaleiras em granito. Do pátio ao cimo das escaleiras entra-se na cozinha e, também, na varanda que dá acesso à sala.


Casa rural (Ovelhinha - Gondar)
Casa rural (Ovelhinha - Gondar)

Construída em madeira e com um desenho muito singular, a varanda, não era um simples espaço de transição entre ambientes - passagem do exterior para o interior. Ela tinha muitas outras funções: era lá que se recebiam as visitas, era de lá que se observava a vida da aldeia, se apanhava o sol nos dias menos quentes, se serandava no verão, e, ainda, se secavam algumas sementes e alimentos, a roupa em dias chuvosos, se penduravam as capas e os chapéus e, até, se namorava.
Como local nobre da casa, a varanda era embelezada com vasos de flores que as “donas de casa” cuidavam com todo o brio.
Poucas resistiram aos novos gostos e modas. Ficaram as memórias e a nostalgia de quem passou muito do seu tempo nestes espaços únicos que fizeram a delícia de muitos de nós nas nossas brincadeiras de criança.
Miguel Moreira (texto e fotografia)

Sem comentários:

Enviar um comentário